Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2015

RUTE

O caixa que era para ser o mais procurado da padaria, andava às moscas. A fila era minguada e havia boas razões para isso: nada da esperada cortesia, obrigado, boa noite, a nova atendente tinha a cara amarrada. Traduzidas em gestos rudes, as intenções da moça eram um mistério. Havia quem fingia namorar as tortas da vitrine e escorregava para o outro caixa; outros enfrentavam os tratos da miss grosseria: - Quer cinquenta centavos para facilitar o troco? - Quando precisar, eu peço. E jogava as moedas sobre o balcão. Uma jovem assim tão poluta é como a Baía de Guanabara: é bom admirá-la de uma distância segura. Mas há de ter futuro, como todos na terra de santa cruz. A pergunta de um cliente corajoso: - Qual é o seu nome, meu bem? Ela o comeu com os olhos, jamais tinha ouvido palavras assim por certo, mas dignou-se a responder só para mostrar com quantos paus se faz uma canoa: - Meu nome é Rute. Por que quer saber? - É o nome de uma pessoa inteligente e de muitas virtudes. Boca de desprezo. A blus…

SESSENTA ANOS?

Envelhecer é horrível, pensa a maioria. Vêm à cabeça as dores, a regressão física, a perda de memória. Sem falar do sobrepeso, que é quando as gorduras grudam por baixo de nossa pele e se apossam de nosso corpo como parasitas. Além da proximidade cada vez mais provável da morte, a única desprovida de preconceitos. E pra piorar, a insistência do ser humano em não aprender com as experiências.             Meu amigo põe toda a fé no Viagra:             - A ciência tá do nosso lado. O verdadeiro problema é a pensão do INSS.             É verdade. Com o preço do Viagra a quase trinta por cento do salário mínimo, é melhor esquecer.             Foi com esse espírito que decidimos ir à exposição Kandinsky, no lindo prédio de fachada neoclássica onde fica hoje a Fundação Banco do Brasil em Belo Horizonte. A visitação se faz por turnos, então, fila para o credenciamento. Ganhamos nossos lugares e aproveitamos para por em dia as últimas sobre o envelhecimento:             - Os gaúchos l…