Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2012

PARIS, L'AMOUR (I)

Falar de Paris, é falar dos seus estereótipos. Visitá-la é confrontar-se com outra realidade. A cidade reflete em suas ruas e bairros os impasses do Velho Continente neste início de século XX: um patrimônio notável, acumulado através dos séculos, e que constitui seu principal atrativo e fonte de renda; e uma pressão social crescente, com excesso de imigrantes e precariedade da vida em vários sentidos.

       Alguns mitos sobrevivem, mesmo se eles não coadunam com a realidade. Paris, cidade luz? - Bem, não é mais iluminada do que Nova Iorque ou Buenos Aires. Cidade romântica? - Para os turistas, sim, pois é isto que eles buscam em Paris. Mas o estilo protocolar de vida de seus habitantes e o stress das relações cotidianas simples deixam pouco lugar para o romantismo. Capital do turismo? – É provável. Muitos dos lugares mais populares de Paris existem por e pelos inúmeros estrangeiros que a visitam. 

         Enquanto turista, busco o belo e notável e faço olho cego para o que destoa de m…